Governo

Programa Minha Casa Minha Vida 2018 – Requisitos e Como Contratar

O programa minha casa minha vida edição 2018 já está sendo divulgado em todos os canais de comunicação. Se você sempre desejou participar, saiba quais os requisitos em nosso blog e como fazer uma simulação rápida.

O sonho de milhares de pessoas em nossos dias é ter a própria moradia, livre de pagar aluguel que normalmente são valores altos e o salário ganho nem sempre supre todas as despesas incluindo essa. Antigamente era mais fácil adquirir um terreno para comprar e construir, pelo fato do valor ser mais acessível não levando anos como hoje para quitar e apenas o que é pago atualmente é o chamado IPTU.

Há muitos programas que torna isso possível, dando como entrada por exemplo o FGTS que foi liberado para milhares de brasileiros há pouco tempo atrás. Também financiamento em que quitam a casa e vão pagando para quem se emprestou, que tendem a ser agências bancárias. Visando o melhor de nossos leitores, vamos falar hoje do programa minha casa, minha vida 2018 que ajudou milhares de pessoas e você pode ser o próximo, saiba mais adiante.

Requisitos do Programa Minha Casa Minha Vida 2018

O quesito principal é ter a renda dentro dos padrões estabelecidos, no caso condições financeiras que lhe permita pagar. Na primeira opção, o financiamento gira em torno de 10 meses e prestações de R$ 80,00 ou R$ 270,00 dependendo de quanto se ganha. No segundo, a taxa do juros é de 5% tendo por volta de 30 anos para finalizar o pagamento, quem faz uso desta tem um período bem maior para quitar podendo escolher entre o imóvel novo ou ainda na planta que vai construir ou comprar o terreno.

Os que possuem uma renda máxima de R$ 3.600,00 o subsidio ou aos que não conhecem esta palavra, é o valor que o governo vai destinar, sendo de R$ 27.500,00. Já os que tem o dobro do salário anterior de R$ 6.500,00 tem taxas de juros bem diferenciada, que de forma alguma será desvantagem em comparação com os outros.

Como Contratar o Programa Minha Casa Minha Vida 2018

A primeira etapa é preciso analisar se terá de fazer o cadastro, se você recebe mais de R$ 1.800,00 terá sim de realizar a inscrição na prefeitura local ou algum órgão público que seja responsável pelo processo de seleção. Para quem chega a R$ 6.500,00 o faça de modo individual ou contrate uma entidade para organizar. A segunda fase é avaliar o contrato para ter aprovação e os que forem selecionados vão ser contatados sobre a assinatura de compra e venda do contrato.

A última e não menos importante, já é a assinatura do mesmo para dar inicio ao processo para ter o imóvel. Para saber com antecedência se poderá contratar e quanto será o financiamento, poderá fazer a simulação que está disponível no site oficial da caixa http://www.caixa.gov.br/voce/habitacao/minha-casa-minha-vida/urbana/Paginas/default.aspx (Copie e cole o link em seu navegador).

Por que programas como esse tem sido de grande ajuda? Deixe seu comentário. Agradecemos a visita e até a próxima!

Autora: Amélia

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.