Notícias

Campanha de Vacinação Contra a Gripe Prorrogada 2018 – Informações

A campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada neste ano de 2018 para que mais pessoas se previnam. Veja todas as informações importantes para que saiba se está dentro do público-alvo.

Devido aos avanços que ocorrem a cada dia, a área da saúde tem tido muitas novidades para que possam ter tratamentos a várias doenças que atingem crianças, jovens e adultos e se prevenindo o quanto antes, não causará efeitos colaterais piores ou até óbito. Outro quesito são os remédios que após bastante pesquisa possibilita que cheguem a um consenso de que seja a cura para certos problemas.

Uma das maneiras é através de doses que são aplicadas por meio de vacinas que protegem o sistema imunológico contra alguns vírus. Todos os anos são feitas propagandas para que a população compareça nos postos de saúde para tomar determinadas frações. No ano de 2018 tivemos bastante ênfase da febre amarela que tirou vidas em determinados locais e agora sobre a gripe, por isso foi prorrogada a campanha de vacinação contra ela e você não deve deixar de tomar, note todos os detalhes nos parágrafos a frente.

Informações da Campanha de Vacinação Contra a Gripe Prorrogada 2018

Devido a paralisação que está ocorrendo em praticamente todos os estados do Brasil pela greve dos caminhoneiros, o Ministério da Saúde decidiu aumentar o prazo para que todos possam se vacinar. O último dia será em 15 de junho, há duas semanas a frente, mas não houve conforme anunciado problema para com o abastecimento das vacinas, apenas é pelo fato dos que ainda não tiveram oportunidade de fazê-lo o quanto antes para que não seja afetado posteriormente.

Aos que desconhecem os seus sintomas envolve dor muscular, tosse seca, coriza, febre alta, dor de garganta e nos casos mais graves, complicações como pneumonia e síndrome respiratória. Outro aspecto importante é o público principal que recebem as doses gratuitas no SUS, como mulheres gestantes ou que deram a luz a pouco tempo, crianças de seis meses a cinco anos, portadores de doenças crônicas, indígena, pessoas a partir de 60 anos, os que trabalham na área da saúde, os que atuam em sistema prisional, professores de rede privada e pública e os que estão privadas de liberdade e até adolescentes que cumprem medidas sócio educativas. Compareça o quanto antes a unidade de saúde mais próxima de sua residência para tomar e não há necessidade de se preocupar com efeitos colaterais pois não causa gripe, as únicas reações são dor no braço, inchaço e braço quente em alguns casos.

Por que não se deve negligenciar tais campanhas? Deixe seu comentário. Agradecemos a visita e até a próxima!

Autora: Amélia

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.